Telefone e WhatsApp:
✆(34)99142-0888

Advogado Trabalhista Uberlândia

M.Braga Advogado Trabalhista Uberlândia.  Envie seu caso gratuitamente.

Escritório de advocacia trabalhista em Uberlândia:

Nosso  advogado trabalhista em Uberlândia relacionou as principais violações de direitos:

    • Horas extras não pagas;
    • Assinar carteira com valor menor;
    • Não assinar imediatamente carteira de trabalho;
    • Encargos sociais diferentes das convenções coletivas(mais comum);
    • Acumulo e/ou desvio de função na qual foi contratado;
    • Não fazer intervalos de forma correta;
    • Adicionais não pagos (Insalubridade, Periculosidade, Noturno);
    • Acidente no trabalho;
    • Terceirização indevida;
    • Equiparação a bancários;
    • Ausência de ponto eletrônico, quando previsão legal;
    • Demissão por justa causa indevida;
    • Assédio moral;
    • Acerto rescisório com valores incorretos.

advogado trabalhista uberlandia Os direitos trabalhistas  são fundamentais e devem ser absolutamente respeitadas pelo empregador, mas também pelo empregado. A redação da lei da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) embora conhecidos por todos muitas vezes tem a interpretação incorreta, como feita por advogado, desta forma muitos aspectos são violados ou deixados de serem recebidos por mero desconhecimento da lei, pois além da lei outros aspectos tem que ser acompanhados diretamente como as orientações jurisprudenciais, acordos e convenções coletivas, rotina a qual apenas   advogado trabalhista Uberlândia especializado consegue acompanhar diariamente estas mudança.

 Advogado trabalhista em Uberlândia na defesa do trabalhador:

Advogado especialistas faz toda a diferença na analise de um caso, pois a experiencia acumulada pelo advogado diariamente nos tribunais é o diferencial no sucesso da ação na advocacia trabalhista, se você acredita que a empresa possa ter lesado seu direito envie o caso para o advogado trabalhista Uberlândia.

Advogado Trabalhista Uberlândia na defesa de empresas:

A prevenção é o melhor caminho  na advocacia trabalhista, o advogado inicialmente faz um check-up junto a parte contábil e ver se as convenções coletivas estão de acordo, a partir dai um advogado será responsável pela rotina da empresa. Atuamos também na defesa em ações individuais ou coletivas.

M.Braga Premiado Escritório de advocacia trabalhista Uberlândia:

Advocacia trabalhista em uberlandia - M.Braga Advogados

Quando se busca o termo “advogado trabalhista Uberlândia”  entendemos que na advocacia o cliente precisa da consulta de um advogado especialista de forma imediata, portanto estamos a disposição também no atendimento no WhatsApp, telefone ou presencialmente.

Sede M.Braga Advogado Trabalhista em Uberlândia. 

 

 

As 10 principais dúvidas na Advocacia Trabalhista:

1 – Qual o prazo máximo para a empregador efetuar o pagamento do salário ?

Nosso advogado orienta que na advocacia trabalhista o pagamento deverá ser feito até o 5º dia útil do mês.

2- Caso o trabalhador esteja no horário noturno, e seja transferido ao diurno, perderá o direito ao adicional ?

Sim, porém reitera o advogado que necessário haver a transferência é necessário estar no contrato entre empregador e funcionário, de forma com o que o empregado aceite tal condição na hora de ser contratado.

3- Qual a duração da jornada de trabalho?

A duração normal da jornada não pode extrapolar  a 08 horas diárias e 44 horas semanais segundo  advogado, salvo em convenção coletiva, desde que seja fixado expressamente de outra forma em acordo ou convenção coletiva trabalho.

4- Meu acerto esta errado, se eu aceito receber o valor perco meus direitos?

Este é um dos maiores receios dos trabalhadores ressalta nosso advogado. Você não perderá seus direitos mesmo se receber e assinar o termo de rescisão que esteja errado, o juiz irá analisar os fatos reais, mas a fim de evitar um processo você poderá levar o acerto a um advogado analisar ou mesmo pedir a presença de seu advogado na hora do acerto.

5- Para este advogado, qual é o prazo do pagamento do acerto rescisório?

  • até o 1º dia útil após o término do contrato;
  • ou até o 10º dia, a partir da notificação da demissão, quando indenizar aviso prévio.

6- Qual a diferença entre acumulo e desvio de função ?

No acumulo de função o trabalhador recebe atividades adicionais , deixando muitas vezes esse empregado sufocado pelo excesso em trabalho, já no desvio de função o trabalhador realiza atividades diversas daquelas contratadas. Ambas devem ser indenizadas pela empresa por meio de seu advogado.

7- Por quanto tempo a empresa pode reter a carteira de trabalho para as devidas anotações ?

O prazo máximo é de 48 horas para fazer todas as anotações necessárias e devolver a carteira de trabalho ao empregado afirma o advogado.

8 -Quanto o trabalhador pode deixar de comparecer ao serviço sem descontar do salário?

  • 1 dia a cada 12 meses de trabalhados, no caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada;
  • Até 2 dias consecutivos, em caso de falecimento do cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em sua Carteira de Trabalho e Previdência Social, viva sob sua dependência econômica;
  • até 2 dias consecutivos , para tirar o título de eleitor, nos termos da lei respectiva;
  • até 3 dias consecutivos, em virtude de casamento;
  • por 5 dias, em caso de nascimento de filho, no decorrer da primeira semana;
  • no período de tempo em que tiver de cumprir as exigências do Serviço Militar.
  • nos dias em que estiver comprovadamente realizando prova de exame vestibular para ingresso em estabelecimento de ensino superior.
  • pelo tempo que se fizer necessário, quando tiver de comparecer em juízo;
  • nas faltas ou horas não trabalhadas do (a) empregado (a) que necessitar assistir seus filhos menores de 14 anos em médicos, desde que o fato seja devidamente comprovado posteriormente, através de atestado médico e, no máximo, 3 vezes em cada 12 meses.

9- O trabalho realizado em dia feriado não compensado é pago de que forma?

A compensação varia de ramo de atividade através das convenções e acordos coletivos entre o sindicado patronal e o dos empregados acompanhados do advogado de cada parte. Na maioria determina a remuneração em dobro do trabalho em domingos e feriados não compensados, sem prejuízo do descanso remunerado, a consulta do advogado é indispensável

10- Quantas vezes o trabalhador pode faltar ao serviço sem perder o direito às férias?

O advogado instrui que o período de aquisição de ferias consiste em trabalhar 12 meses para gozar uma quantidade de dias de repouso consecutivos da seguinte forma:

  •  30 dias  de férias  quando não houver faltado ao serviço mais de 5 vezes;
  •  24 dias corridos, se houver  de 6 a 14 faltas;
  •  18 dias corridos, caso houver  de 15 a 23 faltas;
  •  12 dias corridos, quando houver  de 24 a 32 faltas.

Dúvidas ? Consulte nosso advogado trabalhista Uberlândia especializado e agende um horário para esclarecer suas dúvidas.